Sobre tirar um tempo, suspirar e voar


Eu não sei o porquê de as pessoas fazerem certas escolhas, mas, certo dia, eu escolhi fazer esse blog. O que eu queria com ele era melhorar minha escrita, e fizemos um grande avanço quanto a isso nesses últimos anos. E eu queria compartilhar o meu amor por livros, filmes, séries e música. Por algum caso o meu amor pela literatura se sobressaiu ao longo dos últimos anos, e da mesma forma que isso foi bom, foi péssimo. É como uma droga, um remédio que vicia, algo que, se você não controlar, pode te matar. E às vezes livros sufocam.

Nos últimos meses eu tenho percebido como eu ando distraída, distante de tudo e de todos, incluindo mim mesma, preocupada com o que está sendo, com o que será, e boa parte dessa preocupação é proporcionada pelo blog, mas não somente. Terceiro ano do colegial, estudos, foco, faculdade, que faculdade?, vestibular, quais universidades?, escolhas, escolhas, escolhas. E livros para ler. Livros de parceria, livros que eu disse que leria, postagens que eu disse que faria, colunas mensais, o que eu estou lendo, o que eu estou vendo, o que eu estou ouvindo. Vocês podem pensar que eu não deveria ser assim porque meu público nem é tão grande, mas qualquer leitor aqui tem o maior valor para mim. E por isso eu me importo.

O que estou querendo dizer é que eu não consigo. Eu não consigo mais gostar do Hey Karol como está, eu sempre quero melhorar mais e mais, e isso requer tempo, tempo esse que no momento eu não tenho. Eu não consigo mais ler livros, principalmente os que eu preciso ler e resenhar, e gostar deles porque parecem ser obrigatórios, e de obrigatórios já me bastam os clássicos para vestibular. E, sabe, eu não sou obrigada. Isso tudo cansa, é muito desgastante e às vezes você só precisa de um tempo, um grande e longo suspiro para que você volte mais forte do que nunca. Eu preciso de um suspiro agora. O Hey Karol precisa de um suspiro. E é pelo meu bem, pelo bem do blog, que eu ficarei, oficialmente, sem fazer postagens por um tempo INDETERMINADO. Eu não sei se vai durar dois meses, três meses, seis meses ou um ano, mas um dia eu vou voltar e eu vou me agradecer por ter tirado esse tempo para mim.

Eu não vivo de blog, não é meu trabalho, eu não ganho dinheiro e faço tudo por amor, e isso também é por amor. Vocês precisam entender isso. Não acabou. Não é o fim. É apenas um grande começo, como o fim da primeira temporada de Grey's Anatomy. E olha em que temporada eles estão! Eu tenho dezesseis anos e nós estamos no século XXI. Não deveria haver algo que me prenda. Eu deveria viver, voar, correr, me divertir, me encontrar, ser uma adolescente nem que seja por um instante.

Espero de todo o coração que você, que leu esse texto até o fim, compreenda e não deixe de acompanhar as novidades que estão por vim. Dessa vez eu não vou prometer nada, eu apenas vou. Deixe ir, deixe estar, então eu voo, e no meu voo eu repouso para pousar em um lugar melhor. Enquanto isso a gente vive. E, claro, acompanha o canal do Hey Karol no YouTube que, com toda a certeza, voltará a funcionar antes do blog. E de uma maneira diferente.

Bem, é isso. A gente se vê por aí!

Karoline Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário