[Livro] Sombra de um Anjo


Editora: Novo Século - Talentos da Literatura Brasileira
Categoria: Romance sobrenatural, Anjos, Céu, Inferno, Guerra, Amorzinho

Era necessário que a balança entre o bem e o mal estivesse equilibrada. E, para evitar que o nosso mundo fosse destruído pela ganância e pela sede de poder de Lucian, foi forjada uma arma capaz de decidir o destino da humanidade. Um corredor escuro, uma garota e uma voz misteriosa, sombras avançando em sua direção e, em um piscar de olhos, uma multidão de pessoas mortas a observando pacientemente, como se esperassem algo: é assim que vive Samantha Lyterin, uma garota aparentemente normal, mas assombrada por vultos e visões do futuro. Ela se vê de uma hora para a outra destinada a manter o equilíbrio em uma guerra em que de um lado estão os anjos, querendo proteger a humanidade, e, do outro, sombras que buscam incansavelmente a arma que permitiria a ascensão de Lucian. 

*Livro físico cedido em parceria com a mãe da autora

Samantha Lyterin é uma jovem de dezessete anos que, apesar da pouca idade, já passou por um bocado de coisas na vida na morte que não foi. Órfã, sua mãe morreu quando ela nasceu e seu pai foi morto com dois tiros na cabeça quando ela tinha apenas três anos de idade; sendo assim foi mandada a um orfanato, onde ficou até os nove anos, quando, ao tocar numa pena, teve sua primeira visão. Após abrir a boca sobre a tal visão, acharam que ela era louca e, assim, Samantha foi mandada para um hospital psiquiátrico até fazer doze anos - e aprender a calar a boca. No hospital, ainda, uma das enfermeiras chegou a adotar a garota, e a vida era boa. Uma pena ela ter sido morta de uma forma tão horrível... Então, novamente sem família, ela foi morar numa pensão de garotas e arranjou um emprego como caixa de supermercado. As visões eram cada vez mais frequentes.


Por ser ótima em matérias como Biologia, Anatomia e Botânica no Ensino Médio, a professora de Sam conseguiu para ela uma bolsa integral no curso de Biologia da Universidade de Sant' France. Esquisita como é, a garota não entrou em nenhuma fraternidade e nem nada, ficando, portanto, sozinha, dia após dia, apenas estudando e cuidando das plantas e flores de sua secreta estufa. Cara, como um monte de alunos não enxergam uma estufa??? Não é possível. A história começa com a chegada de Helena na Universidade, a garota de cabelo azul e mais nova colega de quarto de Samantha. No início, Sam relutou bastante para ser amiga de Helena, já que em seu primeiro contato com a garota, teve uma visão que mostrava sua morte, contudo ela é um amor de pessoa e não há como odiar; logo, tornam-se amigas inseparáveis rapidamente. Creio que essa parte tenha ficado um pouco "aconteceu de repente" no livro, já que, tipo assim, mostra o dia em que a Helena chegou e, em seguida, o último dia de férias, com as duas super amigas e tal, mas deu para entender. E então as aulas voltam e nós somos apresentados à rotina da faculdade.

No primeiro dia de aula, o assunto foi o garoto novo. Gabriel e sua beleza divina chamaram a atenção da Universidade inteira. Os garotos queriam ser amigos dele, as garotas não corriam atrás dele, elas faziam maratona, e Samantha ficou meio "tanto faz, tanto fez"; a diferença é que, pelo visto, a presença dela fazia diferença para Gabriel. Pelo fato de os dois terem a mesma grade de horários, ela foi a responsável por apresentar tudo a ele e, dessa forma, sem querer - ou não -, aproximaram-se. Quando a morte de Helena se concretizou, como na visão, Sam ficou devastada; a partir de então seria apenas ela e Gabe. Samantha nunca tinha tido uma amiga, muito menos uma tão especial quanto Helena, e a morte dela é bastante marcante.

Com o passar dos dias cheios de problemas e coisas totalmente estranhas, Samantha e Gabe ficavam cada vez mais próximos, e surgiu, nesse meio tempo, um sentimento intenso de amor. Como nem tudo são flores - ba dum tss, porque a Sam ama flores -, Gabe dizia que não podia ficar com ela, o que era totalmente o oposto de suas ações, até que ele se rendeu. Sam foi muito persistente na ideia de ficar com Gabriel e não aceitou de jeito algum que ele não pudesse ficar com ela. E ele rompeu essa barreira de impossibilidade por ela. O motivo de ele não poder ficar com ela é porque ele é um anjo, e anjos não podem se relacionar com mortais. Mas é como dizem, no amor e na guerra vale tudo.

Após uma série de eventos que eu não vou relatar por serem muitos, muitos mesmo, a garota esquisita e o anjo vão para o céu, pois na Terra haverá uma guerra e Samantha é uma peça muito importante devido a suas visões, causadas por uma profecia. Ela saberá o que fazer quando for preciso. Durante meses antes da guerra, passamos, junto com Sam, do céu ao inferno e de volta à Terra e inferno e céu e tudo por causa da Caelestis, a arma que, quem tiver, vencerá a guerra; Lucian está atrás dessa arma, uma espada, e apenas a menina, sem querer, sabe onde está.

Por muito tempo fiquei sem saber como escrever essa resenha, não só porque eu estava num período péssimo - minhas últimas resenhas estão, na minha opinião, horríveis, pois eu não soube como me expressar -, mas porque o livro me deixou com uma ressaca imensa. Desde o começo do livro eu fiquei presa, e só parei porque foi necessário. Muita gente não gostou da Samantha no início, pelo que eu vi, mas eu a entendi de alguma forma e gostei das coisas que ela gosta, como astrologia e flores, e o fato de ela ser sozinha me é bem comum. Karol, a garota sozinha - porque solitária é nome de verme. As únicas coisas que me irritaram mesmo nela foram as frases repetidas, como, por exemplo, "ele pressionou os lábios contra os meus", "revirei/revirou os olhos" e "perdi a consciência". Quer dizer, além de o Gabriel a beijar o tempo todo depois de eles começarem a namorar - o que foi melhorando com o passar das páginas -, a palavras palavras pressionar e contra me fazem pensar em algo meio forçado ou desconfortável, talvez pelo fato de eu usar aparelho; as personagens reviravam muito os olhos, tanto que, no meio do livro, eu já imaginava todas vesgas. Brincadeira essa parte do vesgas, gente, mas é, reviram muito os olhos. E volta e meia ela desmaiava ou perdia a consciência ou tudo apagava. Porém, contudo, todavia, mesmo irritada com essas frases, eu não conseguia parar de ler.

As personagens são bastante cativantes, até mesmo Lucian, por sua beleza exorbitante, e os secundários, como Helena, com seus cabelos azuis, Rafael e Christopher, com seus jeitos amores de ser, e Emanuelle, com seu adorável sotaque francês; todos me conquistaram de um modo surpreendente. Algumas poucas vezes eles parecem infantis, e a própria Samantha diz em uma parte do livro que eles estavam parecendo um grupo de adolescentes de catorze anos, contudo não me senti incomodada. Achei bem legal o fato de a protagonista ser a garota corajosa por diversas vezes, ao invés de a garota em apuros - mesmo com os desmaios. 

Ana, a autora, escreveu Sombra de um Anjo aos treze anos, se não estou enganada, seu quinto livro escrito apesar de ser o primeiro publicado; o caso é que ela escreveu o livro muito bem - nem venha dizer que foi por causa da correção da Novo Século, porque com certeza não foi -, não apenas em relação aos erros, pois encontrei poucos, mas pela história, que foi muito bem construída e bastante interessante. Com suas 567 páginas, a primeira edição do livro me fez viajar. Foi uma história muito bem contada. Alguns pontos ficaram soltos, e a autora disse que eles foram fechados na segunda edição.

A capa é bem significativa, apesar de ter ficado um tanto escura, o que foi um erro da gráfica. A primeira edição em si é simples e ao mesmo tempo não. O quê? A cada início de capítulo há uma asa, o que deixa as páginas muito bonitas, a diagramação é boa, assim como espaçamento e o tamanho das letras. A única coisa que me deixou meio confusa foi o fato de a letra de destaque do interior do livro, como por exemplo o nome do livro e o início dos capítulos, ser diferente da letra do título na capa e na lombada. A lombada é simples, como as orelhas, e a parte de trás é bem interessante. O livro é pequeno e grosso.

Em geral, a leitura foi bastante agradável, e o final, um tanto quanto desesperador, e sim, isso é bom. Nunca tinha lido um livro que falasse sobre anjos e gostei bastante, principalmente pelo fato de o céu não ser nas nuvens literais e o inferno literalmente debaixo da terra, pois eu não parei para pensar nisso em momento algum da minha vida. Admito que uma das minhas partes preferidas se passou no inferno, mas isso não é tão ruim quando outra das minhas preferidas se passou no céu, certo? Espero que sim. Eu recomendo para todos que querem viver uma aventura super emocionante - sim, com lágrimas -, divertida - as sacadas das personagens são hilárias - e cheia de... de tudo. E cheia de amor, não posso me esquecer disso. No começo eu duvidei do amor de Sam e Gabe, mas em determinada parte, assim que os dois vão para o céu, eu percebi que era amor de verdade, e foi uma sensação incrível, mesmo que não tenha sido comigo e sim em um livro. Então pegue o livro e apenas apaixone-se.

*A primeira edição, essa que eu resenhei, esgotou, e a segunda possui um final alternativo que eu estou louca para ler. Em breve terá o sorteio da primeira edição, provavelmente em um sorteio junto com outros blogs, e a resenha da segunda.

Book Trailer



Batalha de Capas


Das capas acima, qual das duas você prefere? A da primeira ou a da segunda edição? Para votar, deixe seu comentário.

E então, o que achou? Espero que tenham gostado!
Deixe sua opinião nos comentários.
Beijinhos e até mais!

Karoline Melo

6 comentários:

  1. Oi Karol,
    Ah, menina .. e eu sempre choro de rir com suas resenhas. 'Pressionar contra é algo negativo' foi a melhor kkkkk Quando e se você for ler Cinquenta Tons tem outras frases 'negativas' que vão te deixar de queixo caído AHAHA'. Eu vi que foi uma leitura bem complexa, via as mensagens 'ameaçadoras' que você postava para a autora. kkkk Adorei! Nunca tinha ouvido falar do livro, mas já vi em algum lugar o nome da autora. Cara, escrever um livro com 13 anos não é pra qualquer um. Com 13 anos eu brincava de Barbie, na verdade, eu brincaria até hoje, se ainda tivesse uma. UAHSUHUASHAUUAHSU
    Que bom que o livro te cativou e principalmente, que é um livro apaixonante. Esses são os melhores pra mim, como você bem sabe <3 kkkk Ótima resenha!!! *-*


    Beijo,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Karol! Assim como comentaram ali em cima, eu ri bastante com a sua resenha. Foi muito divertida, sério! Gostei mais da capa da 2ª edição, acho que as letras ficaram mais bonitas. Sobre a história, parece ser muito legal, mesmo. Legal também que a edição nova tem um final alternativo, nunca li nenhum livro que tivesse isso. Você falou que nunca tinha lido uma história relacionada a anjos e essas coisas, então te recomendo também a série dos Instrumentos Mortais (que eu amo de paixão ♥). Tem anjos, demônios, vampiros, lobisomens e outros seres, tudo numa saga só. Resenha muito boa, mal posso esperar pra ler as próximas ;)

    http://www.thaisnacidade.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá Karol! Adorei sua resenha! Deu pra ter uma visão bem legal sobre a obra, além de instigar nossa curiosidade hahah ótima trabalho!
    Beijos, Helo.
    http://anneandcia.blogspot.com.br/2015/07/resenha-filme-about-time.html

    ResponderExcluir
  4. Oi Karol, adorei a sua resenha!
    Achei a primeira capa, mais simples, mais bonita que a segunda.
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas parece ser muito legal.
    Beijos,
    Thay Lima

    imperiodico.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olha tenho visto muita gente falando muito bem sobre esse livro
    e estou curiosa para ler pra falar a verdade, porque está me deixando muito interessada por conta das resenhas que eu tenho lido. Uma das minhas colaboradoras pediu o livro para leitura para poder resenhar no meu blog. Espero que nas próximas solicitações eu possa garantir esse exemplar e um outro que estou querendo, porque devem ser maravilhosos. Enfim...

    Adorei a sua resenha e parabéns, porque ainda não li nada sobre ANJOS e acho que esse livro vai ser bem legal pra começar o/

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/07/resenha-garota-online.html

    ResponderExcluir
  6. Oi Karol, tudo bem?
    Ri alto com a sua resenha aqui! kkkkk!
    Também gostei do livro e estou louca pela segunda edição, mas não me faça escolher entre as duas capas, pois a dúvida será eterna!
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir