[Livro] Tatuagem


Autor (a): Marina Salla
Editora: Novo Século - Talentos da Literatura Brasileira
Categoria: Romance

Jack se aproximou de Laura. Não, não para tirar sarro dela, nem dizer como ela é esquisita e feia, mas para defendê-la desse pesadelo. Ela sabia que sua vida estava mudada para sempre, mas não imaginou, em nenhum momento, que mudaria de novo. Uma festa, um beijo recebido pela pessoa errada, um acidente que permitiu que Laura revivesse a consciência apenas três meses depois, numa cidade diferente, e toda sua antiga vida havia sido deixada para trás. Como ela poderia imaginar? Apesar de todos os avisos, como ela podia pensar que algo assim fosse acontecer? Ele sempre fora tão atencioso, se esforçava para ser melhor com ela, não queria machucá-la por nada nesse mundo. E então... Jack, o que aconteceu com você? Deixar pessoas para trás, continuar em frente, é um aprendizado. Laura tentou seguir com a vida dela, Jack deveria ter feito o mesmo. 

*Livro físico cedido em parceria com a autora.

Laura é considerada diferente na pequena cidade em que mora. Em Tateó todos se vestem da mesma forma, vivem do mesmo jeito, têm os mesmos ideais, e tudo o que foge um pouco disso se torna uma aberração. E lá estava Laura, na diretoria, apenas porque ela tinha tingido seu cabelo de vermelho, o que causou um alvoroço em sua turma. Além disso, ela se veste de uma maneira um tanto quanto gótica, por assim dizer, e segundo a sua diretora, são essas atitudes que fazem com que ela se torne vítima de bullying. Porque "se ela fosse mais normal..." - ah, santa hipocrisia! E quando Giulia foi se encrencar com Laura - para dar umas porradas nela com a ajuda de seus dois irmãos capachos -, Jack se aproximou para defender a garota. 


Alto, forte, bronzeado e com uma tatuagem no braço: esse era Jack. Tatuagens em Tateó, aliás, fazem as pessoas serem diferentes, também, mas Jack não era vítima de nada. Naquele intervalo, Laura e Jack começaram a se falar. Ele ficou interessado nela, e, bem, ele provavelmente era o primeiro menino com quem ela falava que não era de sua família. Rapidamente as coisas entre o casal começam a aflorar e, em pouquíssimo tempo, eles se tornam namorados. Jack, que sabia de um segredo de Giulia, a subornou, por assim dizer, para que ela parasse de atormentar Laura, assim colocando um ponto final no bullying que ela sofreu por tanto tempo. 

Como Laura não tinha amigos na escola - porque a única e melhor amiga dela é virtual e super importante na história, mas não há muito o que falar sobre ela - e começou a namorar, tornou-se amiga dos amigos de Jack. Todos eles se reuniam sempre, iam para festas juntos, sítios e tudo o mais. Logo na primeira festa em que foram como um casal, no sítio de Malu, enquanto Jack estava dormindo, Laura conversava com seus amigos. Eles disseram para ela não se apegar muito, e sempre que começavam explicar o que tinha acontecido, o garoto magicamente aparecia. Senti muita raiva dele nessas partes, admito. Enfim, Laura não os ouviu, mas quem avisa amigo é. Ela confiava demais. 

Um ano de namoro se passou e eles tatuaram alianças nos dedos. Sim, tatuaram alianças, você não leu errado. Thomas, irmão de Jack, ficou bem nervoso naquele dia e Laura não entendia o porquê, então depois ele tentou conversar com ela, alegando que se algo acontecesse, ele não poderia ajudar. Ela, por sua vez, ficou toda nervosinha com ele, novamente não dando ouvidos. E a vida segue. 
Algum tempo após o ocorrido das alianças, Thomas convida Laura para sua festa de aniversário, em sua casa mesmo, e é nessa festa que sua vida se transforma por completo. Um beijo recebido de um estranho, o susto pela maneira como tudo aconteceu, fez com que ela saísse correndo da festa, e Jack atrás dela, a pedindo para parar. Quando os dois enfim pararam, repentinamente foram atropelados. 

Laura ficou em coma por meses. Ao abrir os olhos, percebeu que não está em Tateó, porque aquele hospital em nada se parecia com o de sua cidadezinha. A mudança a deixou estressada e em pânico, inicialmente, mas depois ela foi se acostumando e tentando continuar com sua vida, o caminho que deveria seguir. Sentia falta do passado, é claro, mas não há nada que poderia ser feito. Isso até Jack reaparecer, diferente como nunca. Ele não havia seguido seu próprio caminho desde o acidente, estava tentando encontrar Laura. Obsessivo como nunca. Num café, enquanto esperam os pedidos chegarem, ela foi ao banheiro, e quando voltou, escutou Jack falar coisas muito estranhas enquanto ela tomava seu cappuccino, coisas que ela não entendeu bem. Sua visão começou a ficar embaçada até tudo se apagar. E então ela abre os olhos. Não está em sua nova cidade com sua nova vida. Está no estúdio de tatuagem na casa de Jack. Presa. 

Antes de começar a ler o livro, vi algumas resenhas que falavam coisas do tipo "não era o que eu esperava, blábláblá, não tem nada a ver com o bullying, pensei que seria um outro tipo de história" e coisas do tipo. Eu sinto pena dessas pessoas que pensaram que a história era inteira voltada ao bullying, porque lendo melhor o fim da resenha - é no fim da resenha que as pessoas jogam a interrogação do livro para te convencer a ler, caso você ainda não saiba disso - é possível perceber que o quesito é: o que aconteceu com o Jack? Sim, gente, esse é o ponto do livro, e não o raio do bullying, que na verdade só serve para mostrar o quão introvertida a Laura é e como se deu a relação entre ela e o Jack. Claro que vai um pouco mais além disso, contudo a coisa é essa. Se a gente analisar o livro inteiro mais a fundo, também podemos tirar umas conclusões sobre o mundo e as pessoas em geral - não vou falar porque é spoiler. 

Okay, agora o que eu achei. Sobre a história, gente, eu fiquei chocada. De verdade. É o segundo livro que eu leio com o tema abordado - aquele momento em que você percebe que o tema do livro é praticamente um spoiler e você não pode contar exatamente qual é... - e o pior é que tudo é real, pode acontecer, não há nada de ficção nisso por mais doido que seja. E ao mesmo tempo é incrível! A Marina conseguiu retratar tudo tão bem, as emoções, ai, tudo. Não sei explicar. Não dá para explicar. Há uns buracos no fim do livro e eu fiquei meio "como assim???", porém não é nada que prejudique o final do livro. As personagens são... vamos por partes. Achei a Laura conflituosa, então de vez em quando ela é um pé no saco, em outros momentos ela é normal, às vezes a gente entende ela e outras ela se torna burra, ou seja, eu não tenho bem uma opinião formada sobre ela. Aliás, ela me lembrou uma das minhas melhores amigas... Entrei em conflito com o Jack também, ele é esquisito. De início apaixonante, depois estranho demais para o meu gosto. Os meus preferidos da história foram o Malu e o Thomas, e eu não gostei muito e nem desgostei das outras personagens secundárias. Aliás, tem um menino do qual eu gostei bastante, todavia ele não aparece muito, então nem me lembro de seu nome. Faz parte. 

A diagramação é boa, assim como o tamanho das letras. A capa não tem muito a ver com o livro, eu faria algo diferente apesar de ser bem fofinha, apaixonante. O livro inteiro é dividido apenas em três partes, sem divisão de capítulos, e eu não vi muito problema nisso, por ter lido em dois dias. O livro me prendeu de um jeito que pausas não foram necessárias. Encontrei alguns erros de revisão típicos de Novo Século, por assim dizer - sim, eu falo na cara dura que a editora precisa mesmo revisar melhor os nacionais -, isso quer dizer que eles são perceptíveis, você para para analisar e logo continua a leitura; praticamente não atrapalha. Agora sobre a sinopse e consequentemente sobre a minha resenha: é quase o livro todo. A história resumida sem o fim. Eu contei a parte um e a parte dois para vocês. O "problema" é que Tatuagem é cheio de cenas que completam outras cenas, e a junção de tudo isso explica o fim. Não sei se deu para entender, mas é isso, as cenas são necessárias para o entendimento do final, então se eu te contar o que acontece, você ainda se perguntará o motivo. Eu particularmente não vejo isso como um problema, mas tem gente que sim. 

Gostei bastante do livro, a escrita é bem envolvente e a trama te deixa curioso a cada página, e você fica se perguntando quais serão as próximas cenas. Quando você chega na parte três, mal consegue respirar. É delirante. Recomendo a leitura principalmente para os que gostam de romance e um pouco de mistério - e mais alguma coisa que eu não sei definir o que é. 


"Há sempre alguma loucura no amor, mas há sempre um pouco de razão na loucura." 
- Friedrich Nietzsche


Book Trailer

Como o livro não tinha um book trailer, decidi fazer uma coisa bem simples só para... sei lá. Eu queria fazer um book trailer para Tatuagem e fiz. Ficou bem mais ou menos, bem simples mesmo, só para falar que tem. Mas ainda assim deu trabalho. Não funciono muito bem com edição de vídeo. Enfim, espero que gostem!



Onde Comprar

Novo Século - Talentos da Literatura Brasileira
Livraria Saraiva

Espero que tenham gostado da resenha!
E então, o que achou? Deixe seu comentário.

Beijinhos e até mais.

Karoline Melo

7 comentários:

  1. GENTE??????????
    karol do céu, quero ler esse livro agora
    eu pensei que ele fosse sobre bullying mesmo e só, até porque não li nenhuma resenha sobre ele, a tua tá sendo a primeira e com certeza vou ler! lkajsdksahdjksadksal

    sucesso pra autora!

    beijos
    www.livroterapias.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Karol!
    Fico contente que a leitura tenha lhe agradado. Eu já li algumas resenhas sobre o livro e confesso que a minha curiosidade só aumenta, mas não sei se é o tipo de leitura que eu quero no momento... Quem sabe futuramente?
    Ótima resenha!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Karol, gostei bastante da sua resenha. Acho que livro no qual o bullying é pano de fundo pra uma outra abordagem é mais interessante do que os que abordam unicamente esse tema. E não acho que digam menos por isso... pelo contrário. Fiquei curiosa... quero saber agora qual o tema revelado no fim da trama. hahah
    Bjs
    Expressão Moda & Literatura

    ResponderExcluir
  4. Hey Karol, tudo bem?
    Nossa! Não conhecia o livro Tatuagem e nem sua autora, mas tô curiosa demais com essa história. O que danado aconteceu com o Jack? Já tô aqui imaginando que ele é um maníaco, psicopata ou qualquer coisa do tipo....kkkkkkk
    Fiquei muito, mas muito curiosa mesmo com essa sua resenha!
    Achei bacana você falar dos erros que aparecem durante o livro, acho que uma editora do porte da Novo Século deveria ter mais atenção na hora da revisão!

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?
    Não conhecia o livro e já quero eles em minhas mãos! O ponto que chegou a falar dos personagens me irritou porque pensei que eles não fosse nesse jeito, ai pode incomodar a leitura, mesmo com várias resenhas dizendo comentários negativos eu quero ler esse livro de qualquer jeito, realmente amei a capa e o titulo do livro <3 Amei a resenha!!
    Beijos - www.doceliterario.com

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia o livro, essa é a primeira resenha que estou lendo
    E fiquei bastante intrigada com todo esse mistério que ronda esse casal
    E essa temática que você não revelou também me deixa bem curiosa, já vou colocar na minha lista e procurar mais resenhas
    Já estou seguindo ;)

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie Karol! :D
    Adorei isso de o foco da história não ser o Bulliyng, mas sim o que vai ocorrer após isso! Deixou tudo muito mais interessante e mostrar esse amor doentio que é algo que existe realmente me deixou ainda mais curiosa para ler o Livro!
    Achei a capa linda e muito fofa e não me passou em nenhum momento a verdadeira história desse Livro! Eu compraria pela capa e depois dessa resenha: Entrou para a lista! :D

    Beijos e até logo! ^^
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir